FANDOM


Também conhecida como Flecha, Merienir é a única elfa apresentada até o momento na Trilogia das Plumas. Além das orelhas longas e pontudas, também o cabelo prateado e brilhante, diferente do grisalho ou branco encontrado em idosos ou vítimas de descolorantes.

Merienir faz parte da Milícia de Gor e dos Ceifadores, ao lado de Ukel e Farem, com o apoio de Leiram nos Ceifadores. Conhecemos muito da história de Meri no primeiro livro, onde ela conta à Farem sobre seu passado na vila Reykholt, que pertence à Gor, o reino. Ela vivia com o pai e mãe, que também eram elfos e tinham os cabelos prateados.

Seu pai sempre desejou um filho, mas ao receber uma menina decidiu tratá-la como homem. Ensinou a lutar, mas a garota não era boa com a espada, descobrindo seu talento no arco e flecha. Durante a infância de Merienir, sua vila foi atacada e os moradores debandaram. Seu pai foi torturado durante o ataque e foi resgatado com a ajuda da filha e mulher.

Eles chegam à Gor, a capital, onde buscam abrigo, mas são recebidos com hostilidade e seu pai morre pisoteado e a mãe assassinada por Muravá. Merienir escapa da morte com ajuda de Ukel que mata o assassino e Farem que o distrai em um momento de necessidade.

Aparência Editar

Merienir é uma elfa e tem as orelhas compridas e pontudas e o rosto longilíneo. Seu cabelo é prateado como prata polida e seu corpo é o de uma mulher comum de pouco mais de um metro e setenta e sessenta quilos.

Equipamento Editar

A elfa gosta de usar arco e flecha no combate, mas não possui uma peça predileta. Usa em ocasiões especiais armaduras leves de couro, mas apenas caso seja possível enfrentar inimigos numerosos.