FANDOM


A capital mais ao sul, Gor é uma cidade pequena e com baixo poder bélico, mas possui altas paredes de ferro revestidas com o gelo que se formou naturalmente. Os soldados que caminham pelas ruas vestem armaduras de couro forradas com pelos, além de carregar espadas ou arcos de baixa qualidade.

A arquitetura se baseia em madeira, retirada da vasta floresta congelada que se estende por todo o reino, com exceção do castelo. O castelo da capital é feito do mesmo metal que as muralhas, mas ele é mais escuro e tem uma camada mais fina de gelo cobrindo suas paredes externas.

Na capital os nobres residem em uma espécia de condomínio fechado, com poucas casas e algumas lojas exclusivas e cercado por uma grade de ferro com guardas no portão. Ainda há tavernas, restaurantes e todo tipo de estabelecimento na capital, mas para quem busca armas e outros equipamentos para suas aventuras Gor não é o lugar.

A cidade tem um grande campo aberto, cercado por mais uma camada de muralha, onde os soldados e guardas são treinados e residem, sendo essa área maior do que a tomada pelo próprio rei. Há poucos soldados, mas o líder deles é respeitado e temido pelos burocratas, visto que o poder armado sem ter o que fazer costuma se rebelar, mas ainda não aconteceu.

O ponto turístico de Gor fica no seu exato centro, cercado por um complexo de estabelecimentos comerciais. Chamada de Fonte das Estacas de Gelo, a fonte é congelada, mas continua fluindo. As estacas saltam do chão e fazem seu caminho volta, como mágica. A fonte estava no lugar antes de Gor ser construída, portanto não há inscrições sobre sua origem até o momento.

O festival Bastonete de Gelo acontece também nessa capital, com origem no primeiro livro da Trilogia das Plumas: A Vingança do Órfão. Esse festival foi responsável por apresentar o reino congelado para boa parte da população de Ayrlia que havia se esquecido de Gor.

Leia também:

Grisgown

Gor

Gor, o reino